mais sobre mim


Terça-feira, 6 de Julho de 2010
Contente mesmo só José Sócrates

 

É que com a taxa de desemprego a ir para valores nunca imaginados, e com tanta coisa a acontecer por cá, inclusiva reformas que lesam os mais desfavorecidos... Não podia acontecer nada melhor que a agitação futebolística que se faz notar!

Entre a eliminação da selecção, Moutinho e a paternidade de Cristiano Ronaldo... Sócrates tem tido paz; muita paz. Ele e todo o Governo!

Acho que quando houver por ai umas condecorações, esta malta toda, vai ser medalhada... Com sorte até o próprio Carlos Queirós...

Lindo! O país anda adormecido e cai, por si só, aos pés da bola, que felizmente é redonda e rola sozinha!

Portugal é, sem tirar nem por, a Bela Adormecida. Só gostava de saber por anda o Príncipe que vem, supostamente, beija-la? É que já era tempo de acordar... Não acham?

Salazar tinha "a sua razão", o que importa mesmo são os três "fs": fados, futebol e Fátima!

sinto-me: Deprimida
música: Toquem algo pesado... Triste... Trágico... Um Tango; é isso
publicado por Conventodaalma às 03:55
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009
Excelente para todos os Professores...

 

 

Eu também acho que sim, e porque não? Não mudava nada de nada, podem ter isto por certo!  Avaliação para que? Há... Pois, aparentemente tem que ser, e a sociedade de uma forma geral já acha normal que toda a gente seja avaliada! E agora, perguntam-se os docentes e os seus sindicatos? Calma que alguma coisa há-de surgir pensam... E alguém lá diz que se calhar exigir o fim das quotas de excelente só para esta classe não era nada mal pensado, não senhor... E meteram-se todos "à bulha" por isso, ao que me parece.

Por mim acho que sim, mas... Já agora senhores docentes e respectivos sindicatos, como explicam, com tanta excelência, os resultados vergonhosos do ensino em Portugal?

Burrice genética que só não afectou V/ Exas.?

Nem a Microsoft ou a Google têm 5% de profissionais excelentes... Quanto mais o ensino em Portugal!

Sim, haverá casos em que um Professor ou outro, pontualmente, terão efectivamente feito algo que vai para além do normal e que faz diferença, acrescenta valor à Escola e aos alunos, e nesses casos, sim, o Excelente existe e não só pode como deve aplicar-se.

Há bons e maus profissionais em todos os campos, mas nem sequer há 20% de colaboradores muito bons numa qualquer empresa... Se houver entre 3% e 5% já é uma sorte descomunal...

Se 20% dos docentes fossem realmente muito bons a matemática há muito que teria deixado de ser uma ciência oculta em Portugal... E não me digam que estão todos concentrados nas outras áreas, os muito bons, que eu não acredito.

Com 25% de funcionários com um desempenho acima do normal nós teríamos, franca e sinceramente, um sistema de ensino acima da média... E mais vos digo... No Ensino Superior isso até é francamente verdade. Acho que temos um ensino acima da média no que concerne às Faculdades, Institutos e Universidades deste pequeno país.

Também é verdade que os alunos não vão assim tão desgraçadamente preparadas, ou aqui há uns anos atrás não iam, quando ainda eram precisas médias para o ensino superior público... Os que chegam lá até são uns ilustres representantes do que de melhor temos em Portugal no ensino, mostrando que há bom e mau em todas as classes, desde os alunos aos Professores.

Claro está que há cenários dramáticos, mas é num contexto desses que um Professor Excelente tem mais probabilidades de se revelar. Quando a Escola e os alunos não ajudam e o Professor ainda assim consegue chegar aos objectivos, fez sem qualquer sombra de dúvidas, qualquer coisa de extraordinário.

Também acho que para puxar pelos profissionais memos talentosos deveríamos organizar os professores em grupos de trabalho, de forma a que estes possam ser ajudados, numa perspectiva de continuidade na senda da melhoria, pelos melhores colegas, com provas dadas. 

Depois disto vou ouvir de todos os meus amigos (masculino genérico) que são Professores e que dizem que sou o Inimigo Público número 1! A melhor parte é que quando lhes pergunto se me apontam o dedo porque digo a verdade, fartam-se de rir... Até eles sabem que certas e determinadas coisas deixaram de ser possíveis, devido ao rumo da nossa sociedade.

Se o rumo é o certo ou o errado, isso agora ninguém pode dizer neste momento, mas o que é facto é que uma avaliação nunca fez mal a ninguém... Todos nós somos avaliados, e os Professores não são nem mais nem menos do que todos os outros profissionais deste país!

 

 

 

sinto-me: Alien...
música: Pink Floyd - Leave the Kids Alone! (LOL)
publicado por Conventodaalma às 12:12
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009
O problema das escutas para Cavaco

 

Tenho para mim que todos avaliámos mal esta questão das escutas. O que importava aqui, antes de tudo, era se efectivamente teriam existo escutas ou não. Ao que parece,já se clarificou e apurou que não.

Mas qualquer das formas, tendo ou não havido escutas, houve crime contra a Estado; isto porquê... Porque o Presidente da República é o Estado em si, e não um Governo, e se alguém escuta o estado, traí a pátria. Se ninguém escuta o Estado, mas há alguém que atenta contra o Estado na base da calúnia e da infâmia, está na mesma, a cometer um crime contra o Estado.

Bem sei que vivemos num país onde o crime conra o individuo assume contornos mais gravosos e tem penas mais pesadas, de uma forma geral, que o crime contra o Estado, o que não quer dizer que este possa passar em branco.

Mas entretanto, e para que se apurem responsabilidades... Onde está o causador do prejuro? Quem levou o Presidente da República a proferir aquele discurso que me faz pensar que quem disse aquilo só tinha como alternativa demitir-se? Quem fez com que Cavaco disse-se que emails trocados entre dois jornalistas e um ex-assessor que era assessor à data tinham alguma coisa a ver com email pessoal dele? Que grande confuão! Já agora, onde estava a pessoa que escreve os discursos do Presidente da República, de férias? É que aquilo que o Presidente leu era uma espécie de discurso modelo "Parodiantes de Lisboa"... Não se compreende! Se calhar é melhor o Presidente procurar alguém que lhe escreva discursos de forma conveniente... Como aquele rapazito cheio de talento, cuja profissão é colocar os ideais que partilha com Obama por escrito, para que Obama os emita foneticamente... Não estamos aptos para fazer de tudo, e aqui se prova isso mesmo, que quem escreveu o discuros de Cavaco, não se encontrava no seu juizo perfeito, ou caso se encontrasse, não sabe o que diz...

Entretanto, o discurso de Cavaco serviu para o Veneno, isto a título individual, retirar uma conclusão... A "política de verdade de Cavaco" é igual à de Manuela Ferreira Leite... Com que então Cavaco não faz ideia de quem será o assessor de quem se fala, além do seu ex-assessor... Pois sim... E o Veneno é a Madre Teresa de Calcutá!

Isto é tudo tão profundamente feio e triste!

Há! E só para que conste, retiro aqui, linha por linha, o elogio que teci a Cavaco quando surgiu pela primeira vez a "opera bufa" das escutas, onde achei a imparcialidade e o silência do Presidente brilhantes. Revelou uma isensão e um discernimento que afinal, não tinha! Foi tudo fogo de vista! Que decepção...

 

sinto-me: Deprimente e revoltante
música: Pedra Filosofal...
publicado por Conventodaalma às 12:55
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Mas afinal, quem ganhou as legislativas?

 

Devíamos mesmo ter um papel mais activo no combate à abstenção... É um facto!

 

 

Foi o PS.

Eu adoro este país, a sério… É o único país no mundo que conheço que, regra geral, e manda a tradição, que ganhe toda a gente menos o partido “do poder”, que foi democraticamente eleito, e que vai efectivamente formar Governo. Assim sendo, ganhou o CDS-PP, ganhou o BE, ganhou o PCP e caso raro e nunca visto, perdeu o PSD (literalmente), e o PS…

Esmiuçando a situação: esperava-se muito mais do PSD, ou não fossem os inesgotáveis tiros nos pés que se deram uns aos outros, e os disparates que Manuela Ferreira Leite andou a proferir, e talvez o cenário tivesse sido outro. Portugal já não é tão tacanho como há 10 anos atrás, felizmente. Já não é com o discurso de não se fazer obra para se ir gastar em “coisinhas” que se vai a algum lado. Não é introduzindo como tema as coisas que a pouco e pouco se pretende eliminar que se enganam os tolos com papas e bolos… Isso já lá vai! Estes factos deixam o Veneno feliz. Houve responsabilidade na hora de votar, ainda que de certa forma, muitos votos tenham ido parar ao CDS-PP e isso seja minimamente preocupante, não foi assim tão significativa esta flutuação da votação.

O PS perdeu a maioria absoluta, mas não perdeu as eleições, de forma nenhuma; aliás. Para o que se esperava, eu arrisco dizer que o PS obteve uma vitória expressiva, significativa e “esmagadora”. O PS foi o partido onde mais portugueses votaram e vai formar Governo, logo o PS ganhou as Legislativas em 2009.

O PCP apesar de ser a quinta força política e a menos votada das cinco com assento Parlamentar, consegue mais um deputado que em 2004, logo, está também feliz, apesar de ter perdido imenso eleitorado para o BE e os seus estranhos planos de nacionalizações (que me recuso sequer a comentar ou acerca dos quais não me atrevo a tirar mais elações).

O CDS-PP, ex-partido do mini BUS e do Táxi… Vai agora precisar de mais Táxis… Quem sabe até de um Mini Bus maiorzinho… Obteve uma votação muito interessantes apesar dos “cachuchos e linguados” que Paulo Portas insiste em dar por ai, ainda há quem não tenha sido “vítima dos mesmos” e vote nele!

Quanto à abstenção, eu diria que forma uma espécie de “Governo Sombra” mil vezes que pior que aquele que reúna na rádio… Se calhar José Sócrates devia nomear um representante da abstenção, e propor ao Presidente formar Governo juntamente com esta parcela.

Quanto ao fantasma da ingovernabilidade, acho que está na hora de nos descartarmos do mesmo, de uma vez por todas. De tantos Governos que temos tido, a maioria não era absoluta à excepção de três deles, creio eu, e nos últimos anos tem-se ganho uma interessante consciência da realidade, e tem havido responsabilidade suficiente para não se fazer cair o Executivo em Funções; garantindo assim que a vontade do povo, democraticamente expressa é respeitada. Não há-de ser nenhum fim de mundo… Tudo se há-de resolver, e o Governo há-de fazer aquilo para que foi eleito: Governar!

 

sinto-me: Adoro a inocência desta gente
música: Outlandish - I Only Ask Of God
publicado por Conventodaalma às 15:12
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Setembro de 2009
Eleições Legislativas

 

Surpresa!

Confesso que nunca imaginei que o PS conseguisse obter tantos votos!  Fico feliz, pois sinceramente era o melhor projecto e aquele em que mais acredito. Também percebo que era inevitável, não há efectivamente uma alternativa a José Sócrates.

Sempre vamos ter um TGV! Isso é definitivamente bom. A questão do sistema de saúde fica "salvaguardada por uns tempos". Os miúdos sempre vão obter os seus Magalhães... Enfim... Foi impressionante que depois de uma maioria absolucta de que saímos, o programa eleitoral do PS tenha obtido o apoio que obteve, e saia claramente vencedor esta noite.

Não admira também! Agora Manuela Ferreira Leite já percebe as palavras de Santana Lopes: "o bebé está na incubadora e dão-lhe pontapés... Apanágio do PSD e para todos!

Também por isto, acho que este PS é preferível ao PSD que se nos apresenta!

sinto-me: Algum alívio
música: A música da democracia---
publicado por Conventodaalma às 22:59
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009
Sócrates o 1º esmiuçado...

 

 

Achei muito engraçada a postura de José Sócrates ontem, na entrevista com Ricardo Araújo Pereira. O programa é curtinho o quanto baste, e acaba mesmo quando estamos a gostar daquilo...

Só mesmo os Gato Fedorento para conseguirem dar algum interesse ao que os nossos políticos fazem. É uma dialéctica engraçada... Uns não devem fazer humor de graça porque não são políticos, são humoristas... Já os outros...

Sócrates falou no facto dos filhos serem fãs dos Gato Fedorento, e pediu mesmo um autógrafo para eles. Mostrou muito o seu lado de "family man", de pai e de parte interessada na sociedade portuguesa que ele próprio governa. Confesso que achei um certa graça na forma como Sócrates se exprimiu ao dizer que sentia orgulho em ter podido servir o seu país, e no facto de se sentir grato por tal oportunidade que muito poucos têm. De facto, Sócrates esteve bem, e esteve certo. Não me custa absolutamente nada a acreditar que é mesmo assim que Sócrates se sente relativamente ao seu "trabalho".

Saiu-se muito bem de uma forma geral, tendo até respondido com naturalidade à brincadeira de Ricardo Araújo Pereira relativamente à possibilidade de acabar com o Telejornal da Clara de Sousa, por argumentos patéticos (uma suposta quezília de lugar de estacionamento) que evocou.

Não é difícil falar com Sócrates, muito menos levá-lo a participar neste tipo de iniciativa. Acredito que já Manuela Ferreira Leite tenha cedido porque o seus "adversários" também o fizeram...

Foi mesmo muito engraçado... Um bom momento de televisão com um político! Caso raro e nunca visto! Parabéns aos Gato Fedorento que conseguiram fazer da política algo dinâmico e por esta hora já "deglutido".

sinto-me: Foi bem :)
música: A música do PS...
publicado por Conventodaalma às 16:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009
Agora não havia diálogo...

 

Sócrates e a Ministra da Educação finalmente perceberam que não iam a lado nenhum nas eleições se continuassem de candeias às avessas com os docentes... E como tal recuaram!

O que importa reter? Que estamos perante um Governo que cede a pressões eleitoralistas e que, este país não precisa de reformas na educação nem de avaliar os profissionais que tem nas diferentes áreas... Precisa é de  votos nas urnas...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Agora sim... Nivelaram com os restantes!

 

Agora, diz o Governo, não havia diálogo com os docentes, e na próxima legislatura já se vai falar mais com os profissionais da educação! Há que agradar e acenar com a "cenoura", para ver se o "coelho" vem atrás...

 

Eu compreendo que há coisas realmente tremendas no facto de se seguir a carreira docente, principalmente quando não se está no "quadro" e todos os anos existe uma terrível probabilidade de sujeição a ir parar longe de casa, e é para quem quer trabalhar! Também percebo que aturar jovens e adolescentes não é nada fácil... Mas isso já é uma escolha que quem quer Professor faz, e  como tal não me parece que tenha qualquer peso na questão. Também sei que há jovens e adolescentes intratáveis, e isso realmente é chato...

Quanto ao facto de se avaliar Professores... Eu acho que é realmente necessário, tal como acho essencial que se avaliem todos os outros profissionais das outras áreas. Não há desculpas! Pode-se dizer que poderia ter sido encontrado um sistema de avaliação que agradasse mais, mas o caso é que não é fácil agradar a "gregos e a troianos", e depois quem é avaliado está sempre sujeito à subjectividade, não há volta a dar-lhe...

 

O facto é que os docentes deste país fazem algo que eu era incapaz de fazer... Aturar os filhos dos outros, e dar-lhes, ainda por cima educação! Mas se é uma escolha se faz... Eu acredito que seja o que querem efectivamente fazer. Compreendo que não façam melhor porque não são capazes, e também porque o sistema de ensino não ajude... Mas sobretudo para os bons Professores não é justo que se tratem todos da mesma forma. Isto faz lembrar aqueles Professores coração mole, que favoreciam os mais fraquinhos, mas depois não davam as mesmas benesses aos bons alunos; simplesmente não está certo!

 

 

sinto-me: Com a neura
música: Desafinaram a música, desafinaram...
publicado por Conventodaalma às 17:11
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009
E agora não vetou uma grande asneira do Governo!

 

Mas o custo do trabalho meus senhores?
É solução para quê?

O Governo enlouqueceu e Cavaco não vetou! Para vetar a Lei das Uniões de Facto despendeu tinta de caneta, e para isto, que era tão preciso… Fez ressalvas! Não é possível!
Como é que nos dias que correm se aprova uma coisa destas? Como é que com a crise que estamos a viver, que nunca conhecemos uma igual, se aprovam medidas que vão justamente pender sobre o custo do trabalho? Este novo regime contributivo da segurança social é uma asneira de todo o tamanho; um tiro no pé! Então num ano em que prevemos que pelo menos 30 mil pessoas percam o direito ao subsídio de desemprego, e onde muitas outras vão ficar desempregadas… O Governo toma uma decisão que incentiva o trabalho “temporário”, com a precariedade que tal situação implica, e o Presidente da república nada faz para impedir?
Para começar eu diria que o Governo, realmente, tem dias que não sabe a quantas anda! Nada como escavar um buracão enorme para tapar um buraquinho… Quando é preciso receita, mexe-se no que estiver mais à mão, mesmo que as consequências disso sejam tremendas, que é o caso.
Desde quando é que um prazo alargado é desculpa para promulgar um diploma que precisa ser mudado de uma ponta à outra? Há tempo para correcções e adaptações, concordo, mas tendo em causa a quantidade absurda das mesmas a que nos referimos, nem que o regime transitório terminasse em 2020 em vez de 2010…
Ainda que o Presidente diga que a promulgação não significa a sua adesão às opções políticas subjacentes, ainda assim… Ele é conivente com elas! Então para quê tanto trabalho a explicar fait divers que não interessam para a vida de ninguém? Teria sido imperativo impedir esta atrocidade de Diploma, mas para isso, ninguém mexeu um dedo!
É claro que não competiria a Cavaco Silva encontrar uma alternativa para este diploma, mas poderia ter feito alguma sugestão! Afinal os grandes problemas como a protecção ao desemprego, como por exemplo no que concerne aos recibos verdes, continuam intactos!
Vai-se buscar fundos onde não se deve, e ajuda-se a delapidar os já pouco sólidos alicerces do emprego neste país. Vão-se tributar os subsídios disto e daquilo, que no fundo serviam para evitar que a tributação fosse total, fazendo com que esta passe a ser, o que pode aparentar ser do melhor interesse do trabalhador, mas não é! Assim passa a ir tudo pelo “valor abaixo” e, o trabalhador recebe o mínimo que poderia. Noutro dia alguém disse que, pelo valor que vai o salário mínimo, qualquer dia, compensa… E nalguns casos, já estivemos mais longe.
Como é que é possível o Governo tomar uma decisão estrategicamente tão errada, e uma pessoa como o Presidente da República que não poderia ser mais indicada para avaliar uma situação destas, dado que a formação académica e percurso profissional a isso abrigaram, não veta este Diploma?!?
Eu bem dizia ontem… Cada vez tenho menos fé nas instituições deste Estado de Direito Democrático, e ainda menos, nas pessoas que escolhemos para guiarem os destinos deste país. Parecemos uma viatura pesada e sem travões, a toda a velocidade, numa mini estrada de curvas e contra curvas… Somos cada vez mais, a cada momento, um novo “acidente” à espera de acontecer.
Espero que haja uma verdadeira revira volta neste país, em todos os sentidos. E o melhor que os actuais dirigentes políticos e partidários têm a fazer é esperar que acabem as votações, receberem os resultados, e encontrarem um buraco fundo onde se possam esconder… Estilo big brother no bunker afastado da sociedade, para que pelo menos não continuem a prejudicar a mesma sem qualquer sentido de missão e com tanta irresponsabilidade. Confesso que desta vez acredito que vão haver muitas surpresas nos boletins de voto, e que muita “fava contada” não funcione.
Temos que mostrar o nosso descontentamento de alguma forma, e como o voto é a arma do povo… Estamos prontos para a batalha… Só tenho, assim de momento, mais um problema… É que não vejo alternativas ao que já está a ser “exercido”, e isso, franca e sinceramente, assusta-me.
Talvez seja pertinente colocar num qualquer jornal de tiragem elevada a nível nacional um concurso para se encontrar o “salvador da pátria”, mediante capacidades e requisitos demonstrados, escolhendo-se racionalmente quem deverá ser o próximo “timoneiro”, bem como quem serão os seus “ajudantes”. Pelo menos, uma vez na vida, teríamos alguém eleito pela competência demonstrada! Tal coisa já aconteceu, nos tempos de D. Afonso Henriques, por exemplo… Em que o que provasse ser o melhor estratega militar, gestor de meios e homens e guerreiro, assumia o controlo da nação. Não seria propriamente a primeira vez na história… Apesar do efeito perverso do capital para quem tinha berço, no sentido de montar e manter o seu exército, havia uma certa margem de “disputa”, bem como, sendo-se um brilhante “guerreiro” se poderia aspirar a ser qualquer coisa mais do que se era, conquistando-se a afeição do senhor da guerra com lealdade e empenho, conceitos que nos nossos dias se “perderam”.

 

 

sinto-me: Estupefacta!
música: Britney Spears - Ups I did it again... LOLOLOL
publicado por Conventodaalma às 10:30
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009
Free com ou sem porte pago...

 

 

O caso do maior outlet da Europa está a encantar Portugal, os media, a população em geral e até a nata da política portuguesa. É um espectáculo bem montado, caros leitores e amigos, com luzes, cores e som... Nem me atrevo a pensar quem guardaria um email durante 3 anos... Nem em que parte do mundo tal coisa faria fé! É muito simples e muito fácil "martelar" um email para simular o seu envio ou a sua recepção; nada mais simples... Mas pasmo, de facto, dado que eu consigo perder emails que recebi ontem... É gente muito organizadinha, esta que pretende amachucar o Primeiro-Ministro.

Não deixo de achar uma certa graça à onda de solidariedade da "oposição"! É o que se espera que façam... Afinal também irão a votos, e já perceberam que ninguém está a ver este caso com bons olhos, de entre os cidadãos eleitores, e esperam com isto mostrar o seu melhor lado, e obter alguns votos dos indecisos e "flutuantes"... Mas que sentido de oportunidade tem esta gente, no seio do próprio PS... Não haveria altura mais prejudicial para fazer "estalar" o caso Freeport; ou aliás, haver até havia... Mais em cima das eleições ainda, mas creio que ai, poderia até haver desinteresse interno da parte de alguns conspiradores e delatores, que ainda aguardam pacientemente alguma "negociata" com o "cabecilha" deste circo.

Não gosto particularmente de apontar nomes e dedos... Mas neste caso, lembra-me constantemente aquele livro de Eça, escrito também por Ramalho Ortigão... "Uma Alegre Campanha", que algo me diz que vamos ter, ainda... Mas meus caros "Generais Bersford" (v.d. - Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett), as massas, a raia miuda, o terceiro estado ou, aqueles que são mais conhecidos pelo povinho, não acreditam nem numa palavra deste "rolo de papel higiénico" de terceira categoria, mal desenrolado nos últimos tempos, e que, com pressa tamanha, deveria surtir efeitos emidiatamente. Desiludam-se, não surte! Jámais surtirá, todos bem sabemos... E perdoem-me lá a impertinência, mas ninguém acredita que um homem com um posição política que na altura já era a que era, se ia sujar por meia dúzia de tostões. Não estamos a falar de um "pobrezinho" qualquer! É daquelas coisas... Acredito até que todo e qualquer ser humano seja corrompível, mas quando se atinge um certo "patamar", não é por dois tostões! Haja paciência para tanta "fantochada"! Daqui a nada está o Freeport encerrado e falido e ainda se fazem contas "à vida" de possíveis "mal feitores"!

Não vou dizer que não há mais casos de "cobras" no seio dos partidos, porque todos bem sabemos que as há... Até mesmo a nível local... Mas isto é mesmo demais. Tanto ilustre deputado, a atirar piadas em tom jocoso ao outro, tanta acusação e difamação que por ai vai, não só dentro dos próprios partidos como no nosso Parlamento... E mais uma vez apetece-me, sei lá porquê, citar Eça de Queirós: "É uma escola de humildade este parlamento! Nunca em parte nenhuma, como ali, o insulto foi recebido com tão curvada paciência, o desmentido acolhido com tão sentida resignação! Sublime curso de caridade cristã". Apetece-me dizer que o Parlamento, visto assim, é um "antro" de instrução e moralidade; um exemplo bem dado à Nação!

Quem não vê que o bom Homem que agora fala do caso freeport e o relançou, rejubila de amor à patria e sentido de dever cívico? Quanto tempo lhe andaram estes sentimentos patrióticos escondidos; ou qui ça esmorecidos... Só agora se recordou, em tão imprópria altura, dos factos e dos momentos... Creio que se o próprio Fernando Pessoa diria, perante tão "heróico" acto "Que homem de génio não é obececado por um sentido de missão?"; lá está... O que o Veneno recomenda a este homem de génio, é que tenha mesmo um sentido de "demissão", e saia de lugares como o Parlamento ajude a uma certa e necessária correcção social.

O caso Freeport não é caso nenhum, e nem sequer tem conseguido chegar ao que se deseja, muito pelo contrário, não há um só cidadão que ainda não tenha descortinado a intenção por detrás disto tudo, e não esteja até, com mais vontade de "dar" o seu "votozinho" (por um se ganha, por um se perde), ao actual Primeiro-Ministro, José Sócrates.

Será que não basta ainda? Prejudica-se gente a torto e a direito, seja o Primeiro-Ministro ou um outro qualquer cidadão. Não se facilitam as coisas, não há ajudas, não há benevolências nem beneces... Há apenas e só maldade e ingratidão. Mas que pátria de gente vil e mole é esta? Quase me apetece citar Obama: "Sim, nós podemos"; podemos mudar para melhor o que quisermos e assim entendermos. Há certamente coisas bem melhores para fazer que consumirmos o nosso precioso tempo, que para trás não volta, nem o podemos viver outra vez, a divagar sobre este tipo de coisas, e sobre modos fraudulentos de difamação. Que chatice tremenda... Já não há paciência!

 

 

sinto-me: Sem paciência...
música: Guns N' Roses - Patience
publicado por Conventodaalma às 15:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008
Sócrates, o lunático

 

Desiluda-se quem pensa que me refiro ao filosofo... Falo mesmo no nosso Primeiro-Ministros, que resolveu dizer que para o ano que vem (2009), em menos de 30 dias, as famílias podem esperar ter melhor rendimenro disponível.

Caro Primeiro Ministro, está a olhar para as estatísticas de que país? Deve ter-se enganado ao consultar o mapazinho onde obteve essa informação, verifique lá novamente sff... Ou será que simplesmente não sabe interpretar gráficos e mapas e tendências económicas? Pois, é que o mundo todo, sem excepção, está em crise e orientado à recessão... Ou seja, entre a sua loucura e nossa realidade, vai um grande intervalo de diferença. Qualquer das formas o senhor centrou-se na descida das taxas de juro do crédito à habitação... Conclusão: "se o tuga paga menos para a casinha, tem mais para a comida e para a estragação e depravação", ou como pensam que esta malta se refere as nós? Os estragados, os desorientados... Então quem é que não vive com 500€ por mês? Até todo o jovem licenciado e com anos e anos de experiência no mercado... Uma maravilha! Vida de "luxo" na miséria para todos!

Eu nem acredito que tenho que ler coisas destas, ainda por cima com destaque na informação... Haja vergonha!

Senhor Primeiro Ministro, eu reclamo! Eu declaro-me completamente ultrapassada por tanta cara de pau!

Sócrates convenceu-se mesmo que estamos no país das maravilhas...

 

 

sinto-me: Irritadissima...
música: Gary Jules - Mad World
publicado por Conventodaalma às 18:44
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Contente mesmo só José Só...

Excelente para todos os P...

O problema das escutas pa...

Mas afinal, quem ganhou a...

Eleições Legislativas

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
subscrever feeds
tags

todas as tags