mais sobre mim


Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009
Finalmente acabaram-se as eleições por agora!

 

Acho que estamos todos em período de nojo, é o que é... Ninguém aguentava mais um dia de "chinfrim provisório", por toda e qualquer rua, beco, ruela ou pracinha. Todos os bairros "sociais" foram visitados e revisitados por todas as "caravanas", e os mais estranhos e recônditos espaços palmilhados.

Surpresas houve-as, mas poucas... E de uma forma geral, eu arriscava dizer que o PS tem todos os motivos e mais um para estar feliz. O mapa autárquico sempre foi mais favorável às laranjas, mas aparentemente os últimos 4 anos deram pouco sumo... Foram substituídas pelas rosas, agora só falta ver a questão dos "espinhos"!

Fátima Felgueiras teve uma lição de vida, sem dúvida, mas muitos outros continuam a dar cartas. Entre os dispensáveis não acusados de nenhuma espécie de crime, Maria Emília Neto de Sousa volta a "eternizar-se" à frente do município de Almada... Graças a Deus que esta é a última possibilidade de candidatura seguida... Mas como é que esta senhora conseguiu ser reeleita? Andará tudo a dormir? Querem certamente que ela continue a destruir o que ainda resta de Almada, que a bem dizer já não é muito... Quase apetece dizer que tanto faz... Agora que já não há quase nada para destruir é um bocado indiferente quem é que fica à frente da Autarquia.

António Costa, combinado com o seu "grande amigo" Sá Fernandes lá conseguiu maioria absoluta na Câmara de Lisboa, e Santana Lopes ficou a chuchar no dedo. O que é que importa qual a votação que António Costa teria por coligar? Santa por coligar também não obteria os votos que obteve.

Os mapas eleitorais deste país dão sinais claros ao PSD que algo vai muito mal e que é muito urgente mesmo mudar, mas não me parece que saibam por onde sair desse bafiento cinzentismo salazarento... Aliás, se fosse salazarento provavelmente, e tendo em conta que Salazar foi eleito o melhor português de sempre, a votação das laranjas seria bem maior, por isso, fiquemo-nos apenas pelo cinzentismo. O salazarento foi generosidade venenosa desmedida...

As conclusões a retirar é que o PS cresce a olhos vistos em Portugal, e que o facto do maior derrotado entre os candidatos do PS ter tido o Primeiro Ministro ao lado num dos últimos dias de campanha, prendeu-se com uma tentativa de melhorar a imagem do candidato e obter mais alguns votos, mas ele há candidatos que nem com Sócrates ao lado têm salvação... O que é de facto um "caso de estudo"!

O BE e o CDS-PP não conseguiram avançar nestas Autárquicas, de forma alguma... Estes terrenos não são nada fáceis para os partidos mais pequenos com assento Parlamentar. São as mais complicadas de todas as eleições. A CDU (PCP - PEV) ou o PCP versão a solo mantiveram-se mais ou menos, apesar de terem perdido Beja. Setúbal permaneceu um bastião "vermelho"!

Em termos de dispersão geográfica, podemos dizer que o PS é o partido mais bem "distribuído", o PSD fica-se mais pela zona centro do país e algum norte, os comunistas ficam pelo Alentejo e margem sul, os independentes sarapintam alguma coisa por aqui e por ali, mas são só 6, porque caiu a "Fátinha" (nas últimas tinham sido 7 como os anões da branca de neve)... Já nas "minorias", o CDS-PP mantém o seu reduto no Minho (Ponte de Lima), bem como o BE no Ribatejo (Salvaterra de Magos).

Eu não sei do que ou de quem é que Manuela Ferreira Leite está à  espera, mas acho que sair do cargo de Presidente do partido é capaz de ser uma grande demonstração de "afecto" pelo PSD. O que é que aquela senhora ainda faz ali?

O PCP também devia tentar modernizar-se, e aqui creio mesmo que o problema não é Jerónimo de Sousa, é a restante "malta" que faz parte do partido de que é Secretário-Geral. Se não fossem estes "pendentes", creio que Jerónimo se estaria a sair muito melhor. Mas primeiro que as massas de um partido se alterem, muita coisa tem que dar a volta. É muito mais delicado e complicado que qualquer questão de "lideranças".

Vamos lá a ver onde é que este socialismo nos leva... Espero que as recem conquistas autarquias socialistas cheguem longe, e revelem que o PS está a altura e merece o crescimento que teve.

 

 

sinto-me: As autarquicas já são sono...
música: Os "cantantes" roucos das carripanas de campanha
publicado por Conventodaalma às 14:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
A interminável campanha…

 

Estamos perante um daqueles períodos eleitorais massacrantes! Acabaram de sair da “arena” os tipos que hão-de ir para o Parlamento e já cá temos, de tenda montada para o circo, os que hão-de, ou não, ir para às nossas Autarquias Locais (Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia).

Lá vai começar a seca dos papelinhos, aventais plásticos, canetas, bandeirolas e demais souvenirs que todos dispensamos. Agora que já estamos todos fartos de campanha e ela acaba de terminar, já ai vem outra. As campanhas parecem as Marchas Populares de Lisboa, pelo Santo António, quando uma acaba a sua apresentação já lá vem outra, mas demora invariavelmente demasiado tempo a chegar onde estamos, e a todos, já nos doem os pés.

Não gosto de fazer prognósticos para este tipo de coisa, excepto nos locais onde já se sabe, de antemão quem ganha… Eternizam-se no poder… Eu conheço um caso onde a “eterna” todos os anos grita a plenos pulmões, no 25 de Abril, em plena “pracinha cheia”: “25 de Abril, Fascismo nunca mais”, e todos os anos tenho imensa vontade de rir! Ela própria eternizou-se mais anos no poder que o próprio Salazar. Acho que há aqui uma “contradição(zinha)”… Denoto aqui claras semelhanças, mas isto sou eu que sou má-língua e uma criaturazinha venenosa…

Depois desta estafa e da triste imagem que o PSD deu de si mesmo vamos lá a ver como se sai nas Autárquicas… Já o CDS-PP não terá grandes aspirações apesar da boa votação que acabou de obter. O BE está melhor posicionado, mas pouco melhor, ainda assim, com a votação que acabou de ter, é capaz de ir a “mais algum lado”, ainda que não muito distante de onde foi “parar” na última vez.

O PS não tem por tradição ganhar o maior número de Autarquias, mas tendo em conta a brilhante votação que obteve, é capaz de não se sair nada mal, alias, provavelmente sair-se-á muito melhor que nas últimas Autárquicas. Sócrates é que nem uma “erva daninha”, neste momento ele e o PS quase que se confundem, mas a verdade é que ele ganha eleições. Sócrates é o tipo de político que o Partido Socialista quer e o povo gosta, o que simplifica e muito as coisas, mas cria este tipo de situação onde se nos afigura a questão: -“E depois do Zé?”…

Se Sócrates estiver na disposição de ir dar um “empurrãozinho a alguns candidatos PS, a coisa eventualmente vai lá.

 

sinto-me: A ver vamos
música: Survivor - Eye of the Tiger
publicado por Conventodaalma às 15:21
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Finalmente acabaram-se as...

A interminável campanha…

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags