mais sobre mim


Terça-feira, 10 de Junho de 2008
10 de Junho: Dia de Portugal, de Camões e das Nações

 

 

E para Cavaco Silva, citando, "Dia da Raça"! Nos tempos do Estado Novo (Salazar e depois Marcelo Caetano) era assim que designava-mos o dia de hoje, e as suas comemorações. Um termo um tanto ou quanto "interessante" nos dias que correm... Acho que desde os anos cinquenta e tantos que este termo não era aplicado sem reticências. Haja alguém que o faça nos nossos dias! Chego-me a perguntar se não terá sido propositado!?! Não acredito, mas também sei que sendo uma sátira de colarinho branco ao Governo, trata-se da Presidência da República no papel de Gil Vicente, e não sobram muitas alternativas: ou se reconhece a gafe, ou se faz de conta que não foi nada, até o "episódio" ser esquecido.

Que pode mais este humilde Veneno dizer? Que o caso do "Sr. Silva" é tão grave que até o esforço satírico do veneno chega a ser dispensado?!? Basta citar-lhe as palavras... Mais um saudosista do Estado Novo... Agora sim que estamos bem... Temos uma data deles no Governo e mais um na cadeira da Presidência da República! Haja "raça" de gente mais louca para eleger estes "transgénicos" todos!

Hoje temos embaixadores um pouco por toda a parte, sobretudo junto das nossas grandes comunidades emigrantes, que são portugueses de alma e coração, mas Portugal não os pode "acolher" no seu seio como mereciam, por isso partiram à procura de uma vida melhor, além fronteiras. Bem os compreendo... E este dia significa tanto para quem não está cá! Todo aquele que é ou já foi emigrante sabe do que estou a falar, porque também eu já o senti na pele!

Diz-se que é um mero pró-forma nacional, mas pelas comunidades portuguesas pelo mundo fora, hoje, há arraial e festa, sobretudo a um domingo! Não há-de faltar a bifana, o vinho verde e a sardinha assada, com muitas saudades e uma selecção musical "bem pimba", se bem que já se vão ouvindo por lá outros sons nacionais bem mais agradáveis.

Para "celebrar" o dia de hoje, em vez de Amália Rodrigues a cantar o celebre "Havemos de ir a Viana", até porque cavaco já lá foi, escolhi um poema de Camões, para deixar aqui uma simples homenagem ao "ilustre peito lusitano":

 

Ao meu Portugal, a este meu país, que nunca está perdido, por mais mal e torto que ande...

Julga-me a gente toda por perdido

Julga-me a gente toda por perdido,
Vendo-me tão entregue a meu cuidado,
Andar sempre dos homens apartado
E dos tratos humanos esquecido.

Mas eu, que tenho o mundo conhecido,
E quase que sobre ele ando dobrado,
Tenho por baixo, rústico, enganado
Quem não é com meu mal engrandecido.

Vá revolvendo a terra, o mar e o vento,
Busque riquezas, honras a outra gente,
Vencendo ferro, fogo, frio e calma;

Que eu só em humilde estado me contento
De trazer esculpido eternamente
Vosso fermoso gesto dentro na alma.

                    in Lírica Camoniana, Luís Vaz de Camões

 p.s. - Só por curiosidade, Camões faleceu a 10 de Junho de 1580! Estamos em 2008... É assim que se conquista a eternidade, com o espólio de uma vida literária, que nada de mais lhe deu... Nasceu pobre e pobre morreu, como lhe inscreveu um amigo na lápide... O Príncipe dos Poetas Portugueses! A glória por trabalhos alcançada chegou depois da morte... De nada lhe valeu em vida, a não ser uma mísera pensão e algumas poucas coisas, que na verdade não foram nada.

sinto-me: PORTUGAL
música: Amália Rodrigues - Havemos de ir a Viana
publicado por Conventodaalma às 18:53
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Junho de 2008
10 de Junho

 

 

Venho apenas lembrar todos os mais distraídos e esquecidos que, com a aproximação ao dia de Portugal, Camões e das Nações há que contemplar um espacinho na agenda para assistir, ou melhor, televisionar as comemorações. E ninguém protesta, se não o Exmo. Sr. Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, põe a "malta" toda de castigo e ainda faz uma birra, como aquela do ano passado.

Nem pensem, caros senhores directores de programação das televisões nacionais, em não contemplar na vossa grelha de programação a transmissão deste dia tão especial... que se repete todos os anos. Bem sei que lhe damos menos valor porque gozamos há imenso tempo da nossa independência, inquestionada e inabalada... Mas o episódio do ano passado foi uma palhaçada!

Em princípio bastará o canal do estado assumir as responsabilidades da transmissão... Não vale a pena ninguém entrar em pânico, mesmo sem televisão por cabo ou satélite, não corremos o risco de ter que ver o 10 de Junho do ínício ao fim.

Nem a propósito, a nossa selecção joga já no sábado para o euro 2008, por isso aproveito para deixar aqui um forte: "Viva Portugal! Muita força"!

sinto-me: Camões (só c/ 1 olho) LOLOLOLO
música: Cesária Évora - saudade
publicado por Conventodaalma às 02:38
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

10 de Junho: Dia de Portu...

10 de Junho

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
subscrever feeds
tags

todas as tags