mais sobre mim


Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011
Finalmente o novo Governo descobriu como descongestionar as Urgências Hospitalares

 

 

As corporações nacionais de bombeiros estão em risco de paralisar caso o Governo não arranje soluções para o pagamento das dívidas que os estabelecimentos Hospitalares têm para com eles.

Se virmos as coisas pelo lado positivo, em vez de pensar na falta de socorros e nas pessoas que irão perecer... A verdade é que se por alguma razão desta vida os Bombeiros não levarem os doentes aos Hospitais... As urgências e uma parcela dos Hospitais, descongestionam... Certo?

Acho que a Póvoa do Varzim, que deve 120 mil Euros, deve começar ainda hoje a cortar no transporte não urgente de doentes, isto porque, e há sempre um lado positivo, se a situação se agravar e muito, devido á falta de assistência, estes doentes passam então também a ser urgentes; e sabe que enquanto o pau vai e vem, folga as costas... O que cria um espaço morto enquanto não se procede ao atendimento destes "clientes" (utentes) regulares.

Os Hospitais públicos irão beneficiar e muito das pessoa morrerem em casa sem os "incomodar", e de ficarem com sequelas, mazelas e partes a menos que nunca serão repostas a menos que os lesados se desloquem pelos próprios meios, o que com um dedo cortado ao meio ou outros casos afins não será nada fácil, logo quando chegarem já o tempo de resolução passou. Isto simplifica, são um processo arquivado ou candidatos a próteses ou tratamento que não chegarão nunca, porque o Governo, de momento, não tem dinheiro nem disponibiliza verbas.

A que é que isto nos leva? A uma outra poupança nos gastos públicos e a um "libertar" de médicos para o privado. É que sem doentes, os médicos não fazem assim tanta falta. Os enfermeiros e auxiliares de acção médica seguem-lhes o mesmo cominho, porque sem pacientes também não são lá muito úteis... Isto implica menos pessoal para pagar ao final do mês. Os médicos não engrossaram s fileiras o Instituto do Emprego e Formação Profissional, já os demais não faço ideia!

Por outro lado, a linha de nacional de emergência médica, o 112, deixa de ser tão necessária, pois ccomo as ambulâncias não circulam, ficará eventualmente a dar suporte à polícia e pouco mais... O que nos leva ainda a mais poupança! Querem melhor? Impossível!

É caso para dizer que os Macedos estão em maus lençóis... O Paulo e o Miguel... Respectivamente o Ministro da Saúde e da Administração Interna! 

Finalmente as estruturas de socorro podem atender, sossegadamente, com o pessoal que lhes reste e possam pagar, às urgências da economia do pais, já que para isso só precisam de computadores. Claro que, não salvam vidas e só trabalham enquanto o Estado pagar a "net"!

Há que fazer humor... Há que que ter boa disposição caríssimos... Se não caímos todos de joelhos e abrimos a torneira até nos desfazermos em lágrimas!

sinto-me: Em estado de emergência
música: Wyclef Jean featuring Mary J. Blige - 911
publicado por Conventodaalma às 11:47
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags