mais sobre mim


Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010
Essa manta de retalhos: o Orçamento de Estado

Para quem achava que o país ir de mal a pior seria uma boa razão para que houvesse algum esforço no sentido de se alcançar um consenso e se aprovar o Orçamento de Estado para 2011, desengane-se. A "bulha" está de boa saúde e recomenda-se.

PS e PSD digladiamo-nos tal e qual os arqui-inimigos que são, e Passos Coelho faz questão de fazer aprovar bacoradas, literalmente, porque a concretização destas deixa o seu compincha socialista mais mal visto ainda.

Toda aquela frenética neura, isaltada, que Passos Coelho apregoa, dizendo a plenos pulmões que caso os portugueses pudessem ir às urnas antes da eleição do Presidente da República, ele mesmo faria o Governo cair, e blá blá blá, não passam de tretas e desculpas de mau "pagador".

Passos Coelho não está a defender os interesses dos portugueses social democratas, muito menos dos outros todos, com as suas condições e condicionantes à aprovação do Orçamento de Estado de 2011; está apenas a piorar as coisas para Sócrates, porque pode e porque sabe que, com tais exigências a concretizarem-se, o fosso aumenta e a crise sente-se mais. Escolheu coisas de efeito imediato, rápidas... Lá espero Passos Coelho é; seguramente!

Quanto ao facto de não ter qualquer interesse na queda do Governo, prende-se com o facto de na actual conjuntura, ninguém ter interesse no "leme" des "embarcação" pouco menos que com a deriva lançada, que é Portugal. Coelho não quer nas suas "patas" (aproveitando a piadinha fácil a que o nome convida) esta cenoura. Para ele Sócrates pode bem arder e auto consumir-se neste Inferno. Não há qualquer vontade, da parte do PSD, de herdar esta coisada a que chamam Portugal neste momento, com a actual conjuntura. Ou alguém achava mesmo que certas escolhas de líderes, anteriores a Passos Coelho, eram inocentes? A ideia e cavar ainda mais o buraco... Para depois alguém tentar sair do fosso como um "pequeno herói sobrevivente" à Governação socialista e, aos ataques mórbidos que o PSD desfere nos seus.

Enquanto "fantochamos" a aprovação ou a "desaprovação" de um documento cujo suporte digital é garantido... Andam não sei quantas almas, bem pagas por todos nós, cidadãos contribuintes, a passear-se de motorista, a gastar gasóleo e muito mais, para que haja uma decisão consensual, unânime... Será mesmo necessário tudo isto?

Já sabemos que há deputados que andam ali pelas bancadas a fazer o mesmo que quando folheavam as páginas amarelas... Coisa nenhuma. Seria bem mais proveitoso dizer-lhes que votassem já, de imediato, poupando custos, e permitindo aos governantes o exercício das demais actividades em que são apenas meros contribuintes, desinvestidos dos seus papéis, não raras vezes cómicos, de inadaptados à sociedade. Alienados e inadaptados, mentecaptos quase... Incapazes de pensar por si.

Com isto tudo até as facturas das "jantaradas", porque quem trabalha come, chegam a um bom ritmo para as algibeiras rotas e cerzidas da nação pagarem.

 

publicado por Conventodaalma às 14:01
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags