mais sobre mim


Segunda-feira, 22 de Março de 2010
And YES Obama Can!

 

Muitas vezes teoriza-se sobre a hipotética democracia dos Estados Unidos da América, fala-se acerca da igualdade de oportunidades e de direitos, mas omitia-se o maior handicap de todos até então... A falta de um sistema de saúde universal e gratuito.

Barak Obama conseguiu pela primeira vez quase tamanha proeza! É verdade que essa era uma das bandeiras da campanha de Obama, e que se o voto em Obama foi tão expressivo, deveu-se também ao seu programa e às suas promessas de campanha; logo, é certamente esta a vontade do povo americano.

Pela primeira vez na sua história, a tão malograda nação de "homens e mulheres livres" vai dar um passo em direcção à promessa de si mesma, vai ter um sistema de saúde universal e gratuito, permitindo que milhares de americanos que neste momento não possuem qualquer apoio ou assistência passem a ter essa dignidade. Ainda não é um sistema universal e gratuito mas anda lá muito perto... E isso já serve para muita coisa.

E dignidade porquê? Porque acho que faz parte da dignidade de cada ser Humano viver numa nação onde os cuidados de saúde são universais, gratuitos e, indiferenciados. Como bem sabemos, pelo exemplo americano, muitas seguradoras recusam-se a pagar as contas dos seus segurados, e só permitem o financiamento de determinados tratamentos dispendiosos se a taxa de sucesso for superior a 70%... O que quer dizer que muita gente vai morrer desnecessariamente; isso é certo.

Depois da Magna Carta, já que os Estados Unidos foram fundados pelas treze colónias britânicas localizadas ao longo da Costa Atlântica do país, e de ter sido uma colónia pertencente à Grã-Bretanha até 1776, creio que este é o segundo acontecimento mais notável a que esta nação assiste.

Faz-se história, e pela Humanidade, como não pensávamos assistir tão depressa e no presente. As assimetrias e desigualdades serão na prática efectivamente reduzidas, e haverá, agora sim, maior igualdade de oportunidades.

Obama tem "apenas" que fazer com que o Senado aprove esta medida histórica, já que a Câmara dos Representantes já o fez ontem à noite, com os obtusos dos Republicanos todos a vociferarem contra... Que se pode fazer? Os Republicanos afirmam que a maioria da população está contra esta lei de Barak Obama com base em sondagens que apontam para a divisão do eleitorado: 48 por cento opõem-se à lei, 45 por cento estão a favor e sete por cento não têm opinião (segundo os números da Gallup); ou seja, 7% não são nem a favor nem contra... A meu ver, mantendo-se esta dispersão, 52% dos eleitores está do lado desta nova lei do Sistema de Saúde, por vejamos, uma coisa é eu não me pronunciar, outra é assumir-me contra seja o que fôr!

Os vilões desta "história" terão ainda uma oportunidade para impedir o avanço da nova Lei do Sistema de Daúde dos democratas, na terça-feira, quando o pacote de emendas aprovadas na Câmara de Representantes voltar ao Senado, para ser votado; não em plenário, mas seguindo o processo de reconciliação, que exige apenas uma maioria simples de 51 votos; ou seja, a típica metade e mais um.

Para regozijo de todos, há que mencionar que o líder da maioria democrata no Senado, Harry Reidque, numa declaração divulgada após a votação de ontem, garantiu que a sua bancada está preparada para, e citando o próprio, “completar o trabalho e concluir este esforço histórico” de Obama, como sucesso. Que assim seja!

 

sinto-me: YES he can!
música: Queen - We Are the Champions
publicado por Conventodaalma às 10:14
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags