mais sobre mim


Quinta-feira, 11 de Março de 2010
Curiosidade macabra acerca de Bullying

   

 

A verdade é que têm sido muitas as vozes que me questionam acerca da questão do menino de 12 anos que, segundo de sabe, se atirou ao rio após ter sido vítima de bullying na escola que frequentava.

Há mais de 20 anos, pelo menos, que há bullying nas escolas, e isto que o Veneno saiba! Mas era capaz de arriscar, com elevado grau de certeza, que remonta há muito mais que vinte e tantos anos. As escolas não querem saber, nem sequer se preocupam com esses assuntos, parece não ser da responsabilidade delas este tipo de questão. Se os alunos se matam, ou se os alunos se esfolam parece não interessar a mais ninguém a não ser aos mesmos.

Penso que há sempre a tentativa de subjugar os outros, em todas as sociedades, Humanos e animais, e isso vem da luta pela hierarquia. Na vida selvagem a vantagem é sempre do mais forte, nas sociedades Humanas, regra geral, o "fim malthusiano da historia" (ou a sobrevivência dos mais aptos) nem sempre se verifica. Encontrámos interessantes meios de suplantar a supremacia física... Entenda-se o cérebro e tudo quanto se relaciona com o intelecto.

Em boa verdade, muitos dos miúdos não se deixam subjugar, levantam "a crista", batem-se com os outros, devolvem insultos e agressões, e a menos que se juntem muitos para derrubar um, o que muitas vezes até acontece... Ou porque esse ou essa jovem veste-se melhor, tem alguma coisa material que chama a atenção dos outros, ou simplesmente destaca-se por ser bonito/a ou inteligente. Basta ser-se ligeiramente acima da média seja no que for, para se ver um bando de frustrados a agir em "pandilha"!

Lembro-me bem de usar da minha altura, que na altura arrumava com muito rapaz, e com a minha compleição física, que sendo magra e alta tinha bastante força e estrutura, e me permitia dar dois valentes sopapos em qualquer rapariga ou rapaz que me chateasse muito. Não era fácil alguém se lembrar de se virar a mim. Os poucos que o fizeram estou certa que ainda se lembram... E depois a má ainda era eu, que me defendia e dava um valente pontapé, ou um sonante par de estalos em alguém... Encostar "patós" à parede e outros meios, como encontrões, empurrões e rasteiras, também constam desta estatística. Não havia muito espaço para arriscar, e normalmente viravam-se para os mais fracos.

Também cheguei a meter-me ao barulho pelos mais fracos, coisas que me valeu mais meia dúzias de acusações do género: "sabes que és muito atlética e tens muita força, bem como és alta e isso não devia ser usados contra os mais pequenos ou menos fortes", e por mais que se tentasse explicar aos BURROS que proferiam estas palavras o porquê destas atitudes eles pareciam pouco interessados. O que contava era fazer a "chamada de atenção" para sanar o assuntos com os papás dos queixinhas...

Lembro-me de algumas vezes ter visto papás e mamãs de queixinhas violentos que só queriam arranjar problemas aos outros e mal levavam um encosto iam para casa aos gritos que os queriam matar... Eram e sempre serão os mais cobardes de todos... E de me dirigir aos progenitores de tão má rés para informar acerca dos comportamentos das desprezíveis crias. Uns colocavam um ar de espanto, como se não soubessem o que tinham em casa... Outros davam-lhes logo ali um "arreio de porrada", o que explica porque é que as crias para além não saberem falar, só sabiam bater! Outros recusavam-se a acreditar e diziam que certamente havia algum engano... Cheguei a ir buscar "vítimas" pelos colarinhos, que se recusavam a ir tentar resolver a situação com medo de depois "levarem" mais... Ao que eu dizia: "ou vens ou quem te dá sou eu"; e eles perante perderem perderem a única "protecção que tinham" (e que diga-se de passagem não fazia milagres), e levarem da dita ainda, lá iam... É claro que eu estava a fazer bluff, jámais lhes faria alguma coisa, pois se defendia estas alminhas... Mas muitas vezes era mais que suficiente para o mal estar terminar e não voltarem a haver problemas com estes agressores. Geralmente há quem consiga assustar estas criaturas horrendas e hediondas... Os pais!

Enfim, um universo infeliz e muito à parte! Mas até hoje ninguém fez nada e, com o aumento das carências e das necessidades no seio das famílias, os ódios e a agressividade extrapolam por campos onde não deviam. As frustrações são descarregadas em infelizes sensações de falso poder; e cada vez mais assite-se ao bullying nas escolas, e à escalada do tipo de violência empregue no mesmo.

Há casos em que os jovens afrontados nada têm; é um facto, mas isso também serve de pretexto ou de motivo para a exclusão a que são vetados.

No fundo são "presos por ter cão" e "presos por não ter"!

Há que tomar medidas e punir à sérias estes delinquentes, que amanhã serão efectivamente verdadeiros marginais! Há que combater os "cancros" da sociedade enquanto estamos a tempos e têm tamanho para tal. Se estes pequenos seres malévolos forem criminalmente responsabilizados pelas suas acções, eles aprendem. Não podemos é continuar a dizer que estes são "crianças", e que são "coitadinhos"... Esses são as vítimas, não os agressores!

Castigar agressores que levaram à morte de um miudo com uma suspensão, ou uma explulsão da escola? Escola essa que para além do mais quando os miúdos vítimas de violência em casa se queixam aos pais, segundos ouvimos, ainda diz aos miúdos que não têm nada que ir contar o que se passa na escola para casa? Será verdade? Será possível? Onde está o docente ou o responsável pela escola que disse uma coisa destas? Podem identificar o mesmo e destituir tal pessoa tão pouco Humana e tão desadequada das funções que ocupa, se fizerem o favor? Essa seria a primeira medida da Direcção Regional de Educação, concertada com o Ministério da Educação, para que mais ninguém com uma responsabilidade destas se demita da mesma, ou ameace ainda mais as já assustadas criaturas.

Os jovens identificados como tendo participado neste homicidio devem ser responsabilizados criminalmente. Sim, tenho "peninha" (de galinha) pelos pais dos malfeitores (incapazes coitados de fazer melhor serviço, pois há filhos que são incapazes de serem bons enquanto seres Humanos), mas tenho realmente pena pelos pais do miudo que se matou no rio.

Não consigo dizer se este crime foi um homicidio voluntário se involuntário, mas tenho a certeza que para alguns agressores foi voluntário, e espero ver este crime julgado e estes delinquentes afastados das demais crianças, e da sociedade em geral. Não merecem de facto estar entre todos nós como se nada tivessem feito. Há que pagar as nossas dívidas para com a sociedade, independentemente da idade ou da alegada falta de consciência.

Suicidio é que não foi!

Deixar um crime deste inpune é o mesmo que dizer as estas cabecinhas ruins que podem fazer mais que ningiuém lhes faz nada. Mais grave ainda, vão começar a ameçar mais miúdos com alguma coisa do género: "vais acabar como acabou o outro"!

Eu bem disse que não queriam lêr a minha opinião, pois não me compadeço de gente que necessita levar o seu semelhante à morte só porque sim...

 

 

 

 

sinto-me: Bullying mete nojo
música: Marcelo 2 D - Desabafo
publicado por Conventodaalma às 09:54
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De MarguiTonta a 12 de Março de 2010 às 11:35
Eu sou da opinião que os responsáveis por este triste episódio deverão ser severamente castigados e punidos. É intolerante que as pessoas tenham que "pisar" as outras para subirem degraus. Ninguém pode conquistar uma lugar ao sol passando por cima de outros. E mais ainda, acho que os primeiros culpados são a escola (docentes, funcionários, seguranças) porque aqui deveria haver um controlo bastante apertado. E se as pessoas apanhadas fossem castigadas severamente, os outros pensariam muito bem antes de agir. O agressor só ganha poder porque a vitima é desprotegida.
Beijinhos.

Comentar post

pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags