mais sobre mim


Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010
Pegando no tema da Adopção...

 

 

Aproveitando a embalagem do post abaixo...


Ou seja, o tema da adopção, pergunto-me porque é que com tanta criança a precisar de um lar, e tanto casal heterossexual a querer adoptar, não desburocratizamos um bocadinho as coisas? Acompanhamento sim, avaliação psicológica também, apesar de acreditar que quem vai adoptar não o faz de ânimo leve, compreendo bem que os casais progenitores, mesmo que em caso de "acidente", têm nove meses para se adaptar à ideia, e se moldarem a uma nova realidade; mas o que se passa por ai é demais... Tornar as coisas mais céleres é melhor para todos; para quem deseja ter uma família sua para cuidar, e para quem nem sequer sabe ainda o que deseja (criança), e nem percebe bem que não tem uma família, e tem o direito à mesma.

Bem sei que os casais procuram sobretudo bebés genéticamente parecidos a si, ou seja sem traços orientais, ou que não sejam de cor. Não os censuro, porque querem evitar perguntas chatas a todo o momento, e salvaguardar a sua privacidade. É claro que nos dias que correm nem se deveriam colocar estas questões, mas o caso é que são extremamente pertinentes na sociedade em que vivemos.

Mas não me venham com "tretas", porque não há só bebés de outras raças para adoptar. Há muitos bebés muito "tugas" de aspecto a "pedirem" um lar, e com o termo bebés designo crianças até 3 anos de idade; sim... Porque acredito que não hajam recém nascidos para todos, louros e de olhos azuis!

Também creio que morenos e de olhos castanhos ou verdes tenham encomendas que se fartem... Mas isso sou eu!

Acredito que se as coisas fossem mais simples, muitas famílias, mesmo com a crise que por cá se instalou, doptariam crianças, ainda que já tendo filhos biológicos. Ter posses para isso, gostar de crianças, e estas serem aceites num lar já construído, incluíndo pelos eventuais filhos biológicos, deverão ser agumento mais do que suficientes, mas claro está, a juntar a isto, é necessária a vontade de adoptar, e a simplificação do processo. Há qjue encontrar "tempos reais" e admissiveis para estas questões tão sensíveis, porque com isso estamos a melhorar a vida de muitas crianças, e a completar a de muito adultos.

 

 

 

sinto-me: Assuntos de fraldas LOL
música: Natasha Bedingfield - I Wanna Have Your Babies
publicado por Conventodaalma às 12:07
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags