mais sobre mim


Terça-feira, 21 de Julho de 2009
D. Branca da Margem Sul

 

Quem diria que tanto anos depois, na pacata cidade de Almada, que acaba de ganhar o seu farol de Cacilhas de volta, havia de, no ano de 2009, aparecer uma nova "benfeitora" (que é tudo menos isso ao que parece)!

Ele há mesmo gente que acredita no Pai Natal; não há hipótese! E acreditam no Pai Natal mesmo que fora de época.

É triste que Almada nunca apareça nas notícias por nada de bom, mas que se há-de fazer... Não há quem queira abrir por lá um Museu do seu bolso, nem sequer quem queira fazer algo de extraordinário nestas paragens... Por mais complexos, ginásios, superficies comerciais e gente boa que ande por lá... Relata-se sempre e só o pior... Exp: Maria Emília Neto de Sousa, que certamente comprou lugar vitalício na cadeira da Presidência da Câmara Municipal, os gangs de "marginais", ou as cáfilas que se formam diáriamente junto à Ponte 25 de Abril, naquela terra onde não há Escolas, nem Hospitais, nem pessoas, esse deserto (segundo o nosso Ministro Mário Lino)... Enfim...

Não sei quem terá acreditado, em pleno século XXI que as suas economias iam ser lucrativamente pagas por uma pessoa que cobrava 900€ por abrir um processo e que, tanto ao quanto sabemos, não se substitui à Casa da Moeda para cunhagem da mesma... Anunciando-se como "A. Silva Prestação de Serviços, Mediação Financeira e Consultadoria", a senhora em causa começou a receber fregueses menos bem dispostos nos últimos tempos... Pudera!!!! Como é que poderia a palavra que lhes deu? Sim, que da validade legal dos documentos não deve haver muito mais a acrescentar ao facto de não valerem nada...

Fala-se agora que atraía clientes através de anúncios em jornais, e também de angariadores espalhados pelo País.

A loja funciona, ao que parece ainda, no Centro Comercial Sommer, sendo que a administração do centro admitiu ter recebido uma primeira denúncia que partiu de um lesado de Penafiel, mas optou por não dar importância ao caso, já que aparentemente, naquela altura, era um caso pontual e isolado e toda a gente tinha a senhora como uma uma boa relações públicas, e gente de bem... Avaliando pelas palavras de quem lá trabalha e já pronunciou sobre o assunto. Acredito! Para conseguir levar a cabo um esquema desta natureza, deveria ser uma pessoa muito convincente!

Pasmo ainda da ignorância das pessoas, mas num país como este, onde o aumento do nível de escolaridade se faz do aproveitamento "duvidoso" de uma boa coisa que seriam as Novas Oportunidades, não há muito espaço para surpresas. É muito mais fácil passar rasteiras a pessoas menos instruída e menos preparadas, sobretudo quando a idade já é alguma, ou mesmo quando são pessoas de boa fé.

Mas quando é que nós vamos aprender que até para sabermos o nosso nome, primeiro temos que saber quem é que "procura" e porquê? Já era altura de abrirmos a pestana e começarmos a empreender na ideia, muito verídica, de que não há almoços grátis. Se "comemos", "pagamos", e que tenhamos a certeza disso de uma vez por todas.

Como é que eu posso entende que o Homem que já foi à lua continua a creditar na fábula da galinha que punha ovos de ouros? Que acreditem no Milagre de Cacilhas, pela altura do terramoto de 1755, por mim, tudo bem... Não lesa ninguém, e quando muito mostra o bem e o afastar das água revoltas, mas que se acredito que anda ai alguém para dar alguma, e ainda por cima dinheiro... Isso já é demais!

Nem mesmo os Bancos se andam a revelar "gente de bem", nalguns casos, quanto mais uma pessoa de quem nunca se ouviu falar. Não é às escuras que se fazem as "melhores jogadas", é às claras e com vista para rua, nos corredores de uma qualquer galeria comercial perto de todos nós.

Dois Bancos atirados à lama nos últimos tempos, assim, em menos de nada... No actual momento, e em todos os que decorrem, pode-se apenas "confiar" nas Instituições cuja provas e mostras de fiabilidade estão dadas. Bancos como a Caixa Geral de Depósitos, o BES, Santander ou o Millennium BCP... E como é claro, as taxas de juros pagas e os rendimentos dos mercados de capitais não são os mais fabulosos... Mas neste momento não os há. Qualquer das maneiras, é sempre seguro e realista, enquanto as promessas de mundos e fundos não o são.

Mais uma vez se prova que a simplicidade é a chave. Tal como Mika disse e provou durante um album inteiro que o exito pop é uma coisa simples e fácil de se fazer... Esta senhora copiou a D. Branca e o célebre matemático Ponzi... Mas Madoff fez o mesmo... E foi o Presidnete da Bolsa de Nova Iorque durante anos a fio! O brilhantismo das coisas foscas cega; está provado!

 

sinto-me: Inacreditável
música: Mika - Grace Kelly
publicado por Conventodaalma às 11:26
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags