mais sobre mim


Segunda-feira, 8 de Junho de 2009
Europeias

Da próxima

Antes que algum "bando de malucos" venha defender que não vale a pena continuar a dispender dinheiro público em eleições, nas quais, ninguém vai votar! A bem da democracia e da Nação!

 

Quem não votou perdeu uma grande oportunidade... Então há umas eleições que servem para mandar uns quantos tipos lá para fora e nem nos damos ao trabalho de ir lá votar???? Parece mentira!

Eu bem sei, eles decidem... E coisas importantes... Mas pelo menos estão a uma distância que pode ser considerada "de segurança"; uma vez que não estão já aqui!

Os resultados foram os esperados e nada impressionantes! Como sempre ganhou a abstenção... Isto num país que se fez uma Revolução pela pluridariedade partidária e pelo privilégio de se poder ir às urnas votar livremente. Quase me apetece perguntar para quê... Infelizmente! Pode-se aplicar a célebre expressão de Salgueiro Maia do "estado a que chegámos", mas este "estado" é mesmo apenas o estado de coisas, antes od 25 de Abril é que remetia para o Estado entidade e estado de coisas. Digamos que somos um povo que me leva a questionar se merecemos uma democracia...

A meu ver, para muita gente se plantássemos um novo "Salazar" sem PIDE e sem ultramar no poder era a perfeição idilica... Isto deixa-me completamente revoltada, avariada... Sem palavras!

O que foi feito das gentes de opinião e vontade que se fizeram anunciar? Para onde sopram os ventos de mudança? Que gente "mole" é esta a quem não importa sair do seu canto, desde que haja quem faça por eles?

Não percebo a realidade que me rodeia e onde vivo! É triste! Sinto-me completamente revoltada e ultrapassada pela infelicidade de um páis, com um povo destes! Nem seuqer sei se temos o páis que merecemos. Direitos venham eles, obrigações, ao que parece, não são mesmo conosco!

Em síntese, o PSD sai vitorioso, com 8 deputados eleitos, seguido pelos 7 do PS, pelos possíveis 3, de momento 2, do Bloco de Esquerda, decisão para a qual se aguardm os votos dos emigrantes, 2 do CDS-PP e PCP-PEV que elegeu outros 2...

Não há muito para contar... Vital Moreira ainda tentou puxar a campanha ao assunto a que remetia, a Europa, mas a "concorrência" não ajudou e não deixou, o que fez com que o homem ficasse, de certo modo, sozinho, a "pregar" no deserto; mas valeu a intenção.

Tudo o resto e de um modo "europeu" em geral, as eleições rondaram mais a crise e os affairs internos do que própriamente a União Europeia, que ao que parece, enquanto dado adequirido não deixa muito espçao para "debater".

O CDS sai como a maior força política europeia, seguida pelo centro direita em peso... Uma tendência "normal" no velho continente.

Manuela Ferreira Leita anda eufórica, em cinzentos "berrantes", fora de si... Mas não vale a pena cele brar tanto, a coisa volta ao lugar nas Legislativas. Convenhamos que se o PS não tivesse avançado qualquer candidato, eventualmente teria obtido o mesmo número de votos ou mais... Dá vontade de rir não dá? Só que não dava para não avançar ninguém, e como tal... A história fala por si; foi o que se viu!

Não quero falar acerca da abstenção, sinto-me mal com ela, sinto que traímos tudo o que nos devia de ser sagrado enquanto cidadãos... Cada vez que há um Referebdo, que há eleições, só não deve ir quem não pode mesmo... Quase apetece usar a medida brasileira... O voto é uma obrigação porque o cidadão, sozinho por si não é responsável... Até pode ir lá votar em branco, que significa que não se identificou com projecto algum... O que é completamente diferente do voto nulo de quem vai às urnas brincar com a tropa... Mas devemos sempre ir, para não deixarmos os novos deveres por cumprir, e acima de tudo, para não deixar-mos por mais alheias o governo dos nossos destinos enquanto estado nação. Trata-se de nos dar-mos a nós próprios o direito de escolha, e a "esculpirmos" o amanhã que desejamos. É muito importante mesmo ir votar.

sinto-me: Sem palavras... Não dá...
música: O voto a cair na urna
publicado por Conventodaalma às 14:18
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ABST a 10 de Junho de 2009 às 17:46
A democracia também me da o direito a abstenção, também me da o direito ao descontentamento, a revolta, a desaprovação e uma serie de outros sentimentos que posso exprimir livremente. A elevada taxa de abstenção foi de facto uma vitoria publica, democrática e livre, que qualquer partido politico nega-se a admitir, com receio que se o fizer, nas próximas eleições ninguém vai votar, eu pelo menos não vou. A abstenção, é uma forma cívica e digna de demonstrar descontentamento pela situação politica actual, em que o pais se encontra. Sem revolução. mortos ou feridos, decatos brigas etc. , o povo como nação demonstrou que não tem apreço por qualquer partido politico, nem acredita nos que possam vir a liderar, como NAÇÃO SIM, porque 63 % é NAÇÃO, e 37 % minoria!!! Não acontece em Portugal o que já se verificou em outras nações, uma opção de escolha ou mudança por um partido melhor, que inspire e reaviva a esperança no povo português, e enquanto isso não existir EU NÃO VOTO. Não posso votar no alijado para tirar o cambado, não tem cabimento. Para terminar, não posso deixar de referir a minha concordância com o facto de que os nossos antepassados conquistaram arduamente o direito a liberdade, à democracia e ao voto, mas meus amigos, assim como no 25 de Abril não foram disparados tiros a moda de uma revolução sangrenta, os boletins de votos mereciam um quadradinho legendado simplesmente com o desenho de uma cravo, assim ia votar, e lá nesse quadradinho da ABST iria cruzar!

Comentar post

pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags