mais sobre mim


Quarta-feira, 12 de Novembro de 2008
Yes he can!

 

 

Provavelmente é diferente de muitos de nós! Fraquejamos sempre nas horas que menos devemos, ante as probabilidades adversas... Depois há aqueles que não o fazem; Teoria das probabilidades? Eles nem sabem o que isso é!

Este homem, de facto, teve um sonho e concretizou-o! O primeiro negro presidente dos Estados Unidos da América, o fim dos WASP (white Anglo-Saxon Protestant), o verdadeiro heróis da pátria, o salvador do mundo... No lugar dele eu estaria mesmo com uma grande preocupação no meio disto tudo! Como pensa ele superar-se de dia para dia? Para além de um líder capaz de inspirar, ele terá que ser pelo menos, a quarta parte daquilo que tanto prometeu! Será ele capaz? Não me atrevo a duvidar! Quem chega onde ekle chegou não precisa sequer estar preocupado, não tem nada a provar!

Se bem que para mim mais uma vez se prova que é mais fácil mudar a cor da pele de quem se senta numa cadeira d epoder que o sexo... E isso caros leitores e amigos, é regra! Independentemente de tudo isso, Obama é o homem do momento, e de muitos momentos ainda por vir.

Se o Iraque era um slogan de campanha que favoria Obama, o que será de agora em diante? A economia terá um papel fundamental, assim as finanças públicas se lhe apresentem minimamente de feição... Como será a abordagem do Médio Oriente a um negro chamao Obama que lidera aquela que ainda é, nos nossos dias, a mais poderosa nação do mundo?

Às vezes sabe bem comentar estas coisas um pouco depois do "barulho das luzes", evitamos repetir coisas que já se disseram, e ficar com ideias "paradas" entre os dois ouvidos...

Se tivesse que escolher uma palavra para definir Obama, a palavra seria indubitavelmente "Trust"... Só através da confiança, do saber dar e saber receber de quem nos apoia se chega a onde este homem está, independentemente de todos os jogos de poder que sempre decorrem nos "bastidores" da acção política. Quem vota ignora esses meandros... O que não quer dizer que esses meandros não pudessem ter eleito um outro candidato... Mas lá está, a cada momento sua "carta", e quem acompanha a "contagem", mesmo contra as probabilidades, tem sempre mais possibilidades de "ganhar", quando "vai a jogo"! Como se de blackjack se tratasse... Trocadilho interessante...

O preconceito pode ser vencido, a vontade pode ser realmente uma coisa avassaladoura, ainda assim, não sei muito bem como é que Obama vai concretizar aquela coisa de "distribuir melhor a riqueza", porque como alguém disse e muito bem... "Não é isso que os nossos impostos já fazem?"... Mas confesso que estou com muita curiosidade de saber onde é que este "Cruzeiro Obama" nos vai levar... Sim que o candidato entrou em velocidade de cruzeiro, com um site que recomento vivamente, e que podem consultar em http://change.gov/ ... A visitar, sem dúvida. Arrisco-me a dizer que vale a pena experimentar a sensaçao de mudar de cânones e paradigmas políticos... Nada a objectar; muito pelo contrário...

Neste momento conturbado a nível mundial, onde de facto a "Teoria do Caos" ganha forma e consistência, Obama parece ser o homem que pediu a crença e obteve-a. Que fará ele com ela? Não sei, mas se quiser caro Obama, tem aqui no Puro Veneno um elemento sempre pronto a dar-lhe um conselho... As minhas desculpas por o tratar como toda a demais gente, mas olhe, ai mesmo em baixo de cada post, tem um espacinho para deixar um comentário... E não tem nada a perder; eu respondo!

Há tantos problemas por resolver, tanta coisa "por fazer" a nível mundial, eternamente adiada, que duvido que Obama tenha tempo para se focar em tudo, aparentemente, e para os crentes, nem Deus tem tempo para se focar em tudo, quanto mais Obama... Por isso mesmo espero calmamente que se sente na cadeira, arregace as mangas e começe por o que lhe está mais perto, que estranhamento é o mundo (sim que para os americanos o importante é o Governador do Estado, a nível local e interno, que o resto são "estrangeirices" mais ou menos polémicas).

Aqui fica a minha sincera admiração por alguém que mesmo contra todas as opiniões não desistiu, sumou Estado pequeno atrás de Estado pequeno, um ou outro Estado grande e foi-se aos poucos apoderando do "sonho americano", levando uma nação com ele. Não foi certamente fácil iniciar uma caminhada onde a adversária era tida como a "Eleita", mas quando se confia no que se é capaz... E creio que essa foi a verdadeira chave do "fenómeno" Obama... Uma vez mais: confiar! Confiou nele e no que era capaz!

Boa sorte Obama, e vê lá o que fazer com este meu mundo, ok? Gosta bastante dele e anda um bocadinho mal tratado por ai... Juizinho! Não quero cá mais chatices!

 

 

sinto-me: In a crazy world
música: Nirvana - The Man Who Sold The World
publicado por Conventodaalma às 16:24
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags