mais sobre mim


Terça-feira, 10 de Junho de 2008
Será que vale a pena?

 

O protesto das empresas de pesados de transporte de mercadorias que está a decorrer um pouco por todo o país já fez duas vítimas, uma que foi "apenas" atropelada, e uma outra fatal no dia de hoje, e eu pergunto: - "Vale a pena este tipo de actuação?"

A resposta parece-me evidente, NÃO. O protesto nem sequer é dos motoristas... Compreendo bem que as empresas estão com a "corda no pescoço", sendo que os empregos de todos os motoristas ficam automaticamente em risco, e acredito que valha a pena "lutar" e protestar, mas há limites! Não vale a pena tentar parar a todo o custo uma viatura que não o deseja fazer. Um bloqueio e uma paralisação não se acabam lá porque passa um pesado a rodar... Desculpem lembrar-vos, mas lá porque morre uma andorinha não se acaba a Primavera... Agora, não há razão no mundo que justifique uma vida Humana.

Liberdade e Democracia... Quem quer parar para, quem não quer anda! Não podemos obrigar ninguém a aderir a um protesto ou a uma causa, até porque não conhecemos os motivos por detrás da resistência ao bloqueio. Não era preciso ter morrido um homem debaixo das rodas de um camião para reforçar seja o que for. Mais ninguém tomou a iniciativa de se tentar agarrar ao pesado... Felizmente... Porque os incidentes acontecem e o homem ao escorregar foi colhido prelo camião! Não pode ser, não se podem perder vidas Humanas assim.

Não continuem a arriscar. Não vale a pena. O que tiver que ser é, e acreditem que estou muito solidária com a causa de todos quantos pagam a factura do aumento dos combustíveis, mas tal como não compreendo como é que se dá uma criança à morte por 2 kg. de arroz, não compreendo como se arrisca uma vida por mais um camião ou menos um camião... Não era certamente esse pesado que ia deitar o protesto todo a perder!

Peço calma e ponderação a todos quantos estão envolvidos nestes protestos. De uma forma geral todas as famílias estão a ser afectadas pela subida dos preços dos combustíveis, bem como pelos protestos... Vamos tentar conciliar interesses e boas vontades.

O Veneno é forçado a reconhecer que José Sócrates tem razão: "As pessoas têm direito a protestar, agora não têm o direito de interferir com a liberdade dos outros". Não podemos dar-nos ao luxo de estragar bens alimentares (carne, leite, etc.) e outros... Vamos ter bom senso! Há que deixar passar os produtos que se podem estragar.

sinto-me: Infeliz!
música: Silêncio dos motores parados
publicado por Conventodaalma às 20:03
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags