mais sobre mim


Quinta-feira, 24 de Abril de 2008
Líder à escolha

(Um dos que já fugiu do barco... LOL)

 

 

Se isto fosse uma venda de ciganos, diria a todos os fregueses que tínhamos líderes à escolha a 1€, se bem que, dado o prazo de validade dos ditos estar prestes a expirar, e para evitar chatices com a ASAE , eles seriam de borla pelos próximos tempos, tendo por certo que íamos ver muito social democrata por lá, a ver o que se arranjava; nesta altura "as laranjas" já estão por tudo, líder em saldo ou em conserva, o que importa é que apareça um!

Sendo todo este cenário péssimo para a democracia e para saudável rotatividade que se deve ir mantendo nos órgãos de poder, o PSD continua a ser um "grande cargueiro" com a deriva lançada, pois há muito que os motores pararam e leva pouco mais que a rudimentar direcção que pode ser incutida por um leme, num "navio" de tão consideráveis dimensões. Chegar a bom porto não vai ser uma manobra fácil, e vai requerer um homem do leme bem experiente, e ao que parece, os sociais democratas desesperam pois só encontram ratos a bordo... Prontos para serem os primeiros a deixar a embarcação.

Muitos dos notáveis do PSD nunca foram a votos, nem coisa que se pareça, limitam-se a ir aos congressos a atirar por lá umas bocas, pseudo-inteligentes, sem mais quê nem porquê... E o resultado, meus caros leitores e amigos, está à vista: um partido à beira da ruptura em termos de imagem e opinião pública, apesar de todos muito bem sabermos que o PSD não se vai extinguir, como é evidente.

O eleitorado "perdido" anda a fazer "contas à vida" e com a paciência à "razão de juros", sem saber exactamente o que fazer, pois as alternativas mais à direita não se apresentam credíveis, e mais à esquerda que o PS está fora de cogitação. Creio que os sociais democratas estão a olhar para esta questão pela perspectiva errada, neste preciso momento, e acham que devem ir à procura de eleitorado no centro esquerda, o que nãó será minimamente viável, pois as flutuações deste tipo de "indecisos" acabam por ir sempre parar um pouco mais esquerda ainda!

Não será com populistas que o PSD vao encontrar o seu "futuro", mas o caso não é para menos que aquilo que se tem feito notar, pois se tiver-mos em conta que é justamente nesse futuro que o PSD vai passar o resto da sua existência enquanto partido político, podemos dizer que os sociais democratas têm um grande problema pela frente. As demagogias que poderiam aparentemente agradar às bases acabaram por cair por terra, com mais "um rato a fuguir" quando "as ondas entraram" prontinhas a varrer o convés", bem ao estilo da pessoa que fora eleita no último congresso... E a "velha escola" parece ser demasiado cisuda e cinzenta para agradar a toda a gente, sobretudo porque já se provou falhada, e faz questão de se apresentar com uma certa "capa de imunidade" que muita gente ultimamente já questiona... Ou alguém tem dúvidas que Manuela Ferreira Leite (para além da idade que apresentaria na altura de ir a votos para Primeiro Ministro), acabaria por ter a mesma decepção, claro que a uma escala bem mais pequena, que Hillary Clinton? Primeiro seria internamente, a nível partidário, e depois a nível nacional... Os embates das supostas damas de ferro têm-nos dado a conhecer muitas "figurinhas de cristal"!

Já a possibilidade de Alberto João Jardim vir a ser o "timoneiro" do PSD a nível nacional deixa-nos a todos, sem excepção, com os pelos todos em pé, até aqueles que com o calor que hoje se vai fazer sentir, não teriam qualquer razão para se "levantar"! Jardim não será candidato a menos que tenha tomado consciência que como tal, terá que, a dado ponto, fazer "maldades"`à Madeira, e esteja realmente disposto a suportar muitos puxões de orelhas e revezes de "amores" por lá. Além do mais estou em crer que já temos o que baste de República das Bananas, já que desenvolver duas ilhas com verbas avultadas não é o mesmo que levar o país para a fente com poucos recursos... E todos bem sabemos que Alberto João Jardim faz muito bem o seu papel de "líder regional" de uma Região Autónoma, o que não quer dizer que se possa sair da mesma maneira como líder de um país inteiro, cheio de assimetrias reginonais e outros tantos problemas; até porque, quem foi à Ilha da Madeira sabe muito bem que locais como o estreito de Câmara de Lobos continuam à espera de um "final feliz"!

Outros tantos ilustres possíveis candidatos, ou candidatos que são pouco mais que "ilustres desconhecidos"(já que depois de ter sido líder da Jucentude Social Democrata, ninguém sabe exactamente o que andou a fazer... Talvez distribuir uma cópia do CV pelas bases seja uma boa ajuda...), continuam a ser páginas em aberto no livro destas directas que ainda vão dar muita tinta, tecla para "bater", e página para escrever!

Uma coisa é certa, a laranja ainda vai deitar muito sumo, nestes próximos dias, e cá estaremos para lhe adicionar umas gotinhas de Veneno, não que precisem muito... Internamente, entre eles, a coisa já está bem envenenada, mas se quiserem um bom conselho, não há messias nem "salvadores da pátria social democrata", convençam-se de uma vez por todas disso!

 

sinto-me: O fantasma das lideranças
música: Village People - In The Navy
publicado por Conventodaalma às 10:56
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags