mais sobre mim


Domingo, 27 de Janeiro de 2008
A incrível chamada para o 112

 

Num primeiro momento, em que ainda não tinha ouvido a chamada que alguém do Alijó fez para o 112, ainde tentei argumentar e dizer que havia alguma coisa mal contada, mas depois de ouvir... É um insólito!

Estamos onde mesmo? Em que ano? E já agora em que século? Pois... Isto há 300 anos atrás, qui çá nem por essas alturas, pensando bem, toda a gente sabia onde vivia o médico mais próximo, e acabava sempre por existir um... Como se já não bastasse estar-mos dependentes do erros da condição de Humanos dos médicos, ainda temos que estar à mercê dos dos INEM, dos da linha "112", dos dos bombeiros... Pelo amor da Santa! Não haverá milagre que nos valha!

Bem, uma coisa é certa, desta forma conseguimos "emagrecer" a Segurança Social, vamos é precisar de mais cremações e gavetões, que com caixões, lápides e sepulturas... Vai haver muito morto por enterrar por aí... Ai vai, vai...

Eu acho muito bem que os senhores bombeiros voluntários só trabalhem quando lhes apetece, afinal não são sapadores, e acho ainda melhor que só atendam se quiserem, mas para evitar estes incómodos a meio da noite se calhar o melhor é nem sequer fazer reencaminhamento de chamadas para o telemóvel... Desliga-se a "engenhoca" e pronto! Afinal de contas no quartel não há ninguém para acudir; só em caso de fogo. Já vejo o ar de satisfação estampado no rosto do Ministro da Administração Interna...

Se alguém cair da escada e ficar a deitar sangue pela boca é provavel que esteja bastante mal... E não haja muito a fazer... Por isso, conclusão, ainda que esteja vivo... Deixa morrer! está bem... Só não sei a família da vítima estará convencida... Eu não estaria. Mas isso sou apenas eu.

Tiveram sorte não ser alguém com o meu temperamento do outro lado da linha... O 112 é uma linha de emergência médica, não é nenhuma brincadeira, como tal só se espera que consigam resolver as situações, já que temos que passar sempre por eles. Não compreendo o facto de não haver uma ambulância disponível, muito menos de não existirem 2 bombeiros de serviço. Para se desfazer o que estava feito, em termos de Serviço Nacional de Emergência Médica, era mandatório encontrar solução para assegurar no mínimo o que já se fazia, e se tal não aconteceu, meus caros leitores e amigos, continuar-mos a compactuar com esta palhaçada é muito grave, há que tirar esta gente do "poleiro" e de preferência de forma vistosa...

Não digo que lhes espetemos a cabeça num pau, como fizeram os franceses à D. Maria Antonieta e a Luís XVI... Nada disso... Mas que quando formos às urnas tenhamos estas coisas bem presentes. Eu até compreendo que alternativas credíveis ainda estão por encontrar, mas assim também não dá para continuar! 

sinto-me: A mandá-los para as alminhas..
música: Guns N' Roses - Live and let Die
publicado por Conventodaalma às 17:46
link do post | comentar | favorito
|
pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags