mais sobre mim


Domingo, 16 de Dezembro de 2007
À Noite no Porto

 

 

À Noite no Porto há homicídios, há noite no porto há conversas à porta fechada, há circuitos alternativos, há movimentações por trás do pano, há um submundo "underground ", onde tudo é permitido, onde não há leis, nem balas, nem provas, nem cadáveres, nem investigações. Aparentemente, e as conclusões a que chego é que não há nada de nada. Não tarda há pessoas que tombam às portas dos bares, que caem para o lado como os passarinhos, ainda jovens, mas tudo de causas naturais. Os buracos de bala, as marcas de cortes e facadas, até as contusões e marcas de objectos com que tenham sido atingidos não servem para nada.

Como é possível que já tenha morrido tanta gente e ainda ninguém tenha feito nada? Eu sei que isto não é o Crime Scene Investigation (CSI), não espero tanta ligeireza, mas lá que se começa a parecer com Miami, começa. Crime atrás de crime, noite após noite, e ninguém os pára.

Se há possíveis homicidas indiciados e desconfianças severas, até por uma questão de não perder o suspeito de vista, há uma certa necessidade de manter as aparências e fazer de conta que ninguém suspeita de nada, mas há que fazer alguma coisa, pois não é aparentemente possível, a menos que a polícia ande no encalce dos suspeitos errados, que tenha sido a mesma pessoa a cometer estes homicídios todos.

Até já em Lisboa foi um empresário da noite "pelos ares", literalmente. Está bem que já haviam atentado há anos atrás contra o ex dono do avião, mas foi desta vez que as coisas aconteceram.

A verdade está lá, à espera de ser vista, se bem que não é fácil contá-la, há muitas mãos a taparem as bocas. Provavelmente tudo isto vai dar em pouco mais que nada, porque até o policiamento nas ruas, ainda que seja aumentado, precisa de não ser corrompido. Isto tudo a propósito de estar a ver a bonita cidade do porto na televisão, num daqueles inúmeros programas de Natal que passam na televisão...

Neste momento há 14 detenções e 58 buscar domiciliárias, sendo que não foram mortas 14 pessoas... Não falamos só de "operacionais", provavelmente.

O Pai Natal bem podia trazer alguma paz à noite portuense, se não, daqui a nada, a invicta fica deserta na lindíssima zona ribeirinha, bem como em todo o restante solo. Apresar de queremos ser identificados como o oeste da Europa, não me consta que a etiqueta de "oeste selvagem" fosse um pré-requisito. Mas também não deixa de ser uma ideia... Venha até Portugal, viva a adrenalina dos verdadeiros duelos de armas, aprenda a investigar homicídios "no terreno", veja calmas intervenções policiais, a inoperância e a apatia das autoridades, bem como uma cidade de bandidos e mauzões de carne e osso. Vai que ainda pega... Já pensaram?

sinto-me: No bulhão em hora de ponta
música: Rui Veloso - Porto Sentido
publicado por Conventodaalma às 17:54
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De pedro_slb_14@msn.com a 7 de Fevereiro de 2008 às 15:44
Não é Porto mas sim Vila Nova De Gaia, mais concretamente no cais de Gaia, na zona das caves de vinho do Porto... Desculpem mas é um pequeno erro que faz iludir as pessoas, pois Isto é Gaia E não Porto... Desculpem... abraços

Comentar post

pesquisar
 
posts recentes

Souvenir do tempo da II G...

Falha Grave do Monstrengo...

Entidades empregadores ch...

Pingo Doce: com menos de ...

Foi há 35 anos que o Rei ...

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
20
23
24
25
26
27
28
30
31
comentários recentes
E estamos tão perto da final !! Entre França e Esp...
já vi que tens um blog para lavar a roupa suja do ...
EU QUERO CONTRIBUIR COM 15.000 LTS DE GASOLINA!! A...
Alguém que sabe o que fala! Não é não preocupando ...
Realmente, eu sou sincero, estou farto, estou fart...
Posts mais comentados
subscrever feeds
tags

todas as tags